Joesley Batista, dono da JBS, foi envenenado, segundo laudo da polícia? - Correio Cachoeirense

Joesley Batista, dono da JBS, foi envenenado, segundo laudo da polícia?



Circula no Facebook e no WhatsApp a notícia de que um laudo da polícia concluiu que o empresário Joesley Batista, sócio da J&F e autor da delação que gerou a abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer, foi envenenado. Não é verdade.
A assessoria do empresário informa que o motivo de internação de Joesley foi uma dor no nervo ciático. Ele foi internado na terça-feira (27) no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.
O hospital confirma a internação do empresário, mas não divulga boletins médicos a pedido do paciente.
A situação dele, no entanto, não é grave, como informa o texto que circula na web.
A falsa notícia, refutada na íntegra pela assessoria de Joesley, diz que "a perícia feita pela Polícia Científica aponta envenenamento por chumbinho". O texto informa ainda que "restam ser concluídas as perícias das imagens do circuito de segurança do restaurante onde Joesley fez sua última refeição".