Polícia apresenta suspeito de liderar à distância tráfico de drogas em Goiás - Correio Cachoeirense

Polícia apresenta suspeito de liderar à distância tráfico de drogas em Goiás


Apontado como o traficante de drogas mais procurado pela Polícia Civil em Goiás, Iterley Martins de Sousa, de 32 anos, foi apresentado nesta quarta-feira (23), em Goiânia, após ser preso em Fortaleza. Conhecido como Magrelo, ele é suspeito de comandar, à distância, uma das maiores organizações criminosas de Goiás e já foi condenado pela Justiça a 52 anos e seis meses de prisão por homicídios e tráfico de drogas.
Para a Polícia Civil, a prisão de Iterley, que estava foragido desde 2008, representa um “golpe contra o tráfico de drogas e para a violência”. De acordo com a corporação, ele está em uma “uma verdadeira guerra” com uma quadrilha rival por disputa pelo comércio de drogas, que resultou em uma série de homicídios no estado.Escoltado e vestido com colete à prova de balas, Iterley negou durante a apresentação que seja chefe da quadrilha e que esteja em guerra. “Quando saí dessa condenação por tráfico de drogas [em 2007], nunca mais tive envolvimento com o tráfico de drogas em Goiânia”, alegou.
Iterley disse ainda que está pagando por coisas que não cometeu: “Pessoas que eu não conheço falam que trabalham para mim, pessoas que eu não conheço que eu nunca tive envolvimento dizem que eu matei”.