Marcelo Serrado comenta repercussão de seu personagem Crô - Correio Cachoeirense

Marcelo Serrado comenta repercussão de seu personagem Crô


Apesar de muitas novelas serem facilmente esquecidas, "Fina Estampa" tem um trunfo a seu favor. A trama de Aguinaldo Silva foi transmitida em 2011, mas o simpático Crô foi tão querido pelo público que nem mesmo o sucesso de "Avenida Brasil" conseguiu apagar o personagem do imaginário popular.
Tanto é que o mordomo Crodoaldo Valério vai ganhar um filme só seu, batizado com seu apelido. "Depois de um ano e meio, foi uma surpresa o projeto. Nos EUA é mais comum alguns personagens ganharem vida em outros formatos", explicou Marcelo Serrado, que novamente dará vida ao capacho da vilã Tereza Cristina, durante a coletiva de imprensa para apresentação do longa. Para se preparar, o ator anda voltando no tempo. "Estou assistindo de novo as cenas da novela e me baseando no roteiro." Serrado ainda contou que também se surpreendeu com a repercussão à época da exibição da novela. "Tem viado em tudo que é novela, mas o Crô deu certo porque tinha alma, era de verdade. Nem eu, nem o Aguinaldo imaginávamos que ele teria essa vida. O Crô agradou as crianças porque tinha um que de desenho animado, foi tema de escola de samba, vai virar livro, boneco, fico até assustado", entregou.